Saab_tormena_Atendimento-clinico-odontologico2

20 nov 2015 MITOS SOBRE A SAÚDE BUCAL

É comum ouvirmos, com certa frequência, alguns comentários relacionados à saúde bucal, porém, muitos desses comentários são apenas mitos e suposições que não possuem fundamento algum e ao invés de auxiliar, acabam prejudicando a sua saúde. O cirurgião dentista Flavio Goulart lista e explica os principais mitos sobre os cuidados com a saúde bucal. Confira:

1) Chiclete sem açúcar auxilia contra as cáries: mito
A prevenção de cáries se dá através da escovação e uso do fio dental, completados com o uso de um bochecho que contenha flúor. O chiclete sem açúcar não causa cárie, mas também não a previne.

2) Bicarbonato de sódio ajuda a clarear os dentes: mito
O bicarbonato de sódio nunca deve ser utilizado com o intuito de clarear os dentes. O produto é altamente abrasivo e seu uso inadequado pode provocar um desgaste exagerado do esmalte dentário, causando sérios danos.

3) Enxaguantes bucais podem substituir a escovação: mito
Os enxaguantes bucais apenas completam a higiene bucal e de preferência aqueles que contem flúor em sua composição. A escovação e uso de fio dental são os métodos mais eficientes.

4) Escova dura limpa melhor: mito
A escova nunca deve ser dura, mas sim sempre macia ou ultramacia e de cabeça pequena. A escovação deve sempre massagear a gengiva, sem usar muita força, pois esse ato pode causar retrações gengivais e desgastar o esmalte.

5) É preciso usar grande quantidade de pasta dental: mito
Coloque uma quantidade que ocupe o sentido transverso da escova. Mais do que isso, você estará desperdiçando pasta. Ao invés de aumentar os benefícios, isso aumenta a chance de engolir o excesso, principalmente nos casos das crianças.